9 de abr de 2017

Agenda 25 debate anseios regionais da metade sul em Pelotas


Pelotas recebeu no último sábado (08/04) a Agenda 25, um circuito de eventos promovido pelo Democratas Gaúcho (DEM/RS) para ouvir e debater soluções para os problemas e anseios de cada região do RS.

Liderados pelo deputado Onyx Lorenzoni, presidente estadual do DEM/RS, a Agenda 25 ouviu diversas lideranças locais e identificou os principais problemas que atingem a metade sul, debatendo caminhos possíveis para solucionar cada um deles.
A Agenda 25 foi criada para unir todas as regiões do RS em um grande e franco debate, reunindo especialistas, lideranças, representantes de entidades, gaúchos e gaúchas unidos para construir soluções para os problemas do nosso estado. A sua próxima edição será realizada no dia 28 de abril na cidade de Passo Fundo.

2 de abr de 2017

Horácio Brasil troca PP por PR e deverá ser candidato a deputado estadual

Deputado Cajar Nardes e seu novo assessor na região, Horácio Brasil.
O radialista e ex-prefeito de São Francisco de Assis Horácio Brasil, surpreendeu a todos ao anunciar em sua rede social a mudança de partido, trocando o PP pelo Partido da República (PR). Horácio também afirmou que já está assessorando o deputado federal Cajar Nardes (PR) em São Francisco de Assis e região. O ex-prefeito está morando em Santiago e deverá ser candidato a deputado estadual em 2018.

31 de mar de 2017

Registro de chapa na disputa pelo Diretório Acadêmico de Direito


Na última quinta-feira (30/03), ocorreu o registro da nossa chapa na disputa pelo Diretório Acadêmico de Direito Moysés Vianna da URI Santiago. Estou concorrendo como presidente, tendo como vice-presidente Mateus Maroneze, Andriele Dalosto como secretária geral, Taylla Marchetti como 1ª tesoureira, Aline Silveira como 2ª tesoureira, João Gabriel diretor administrativo, Nathasha Quinhones diretora social, Jari Espig diretor institucional, Eduarda Silva diretora de comunicação, Cassios Machado diretor esportivo e Thifany Gonçalves como diretora de eventos.
Eu tive o prazer de presidir a última gestão do DAD e não pretendia voltar a disputar novamente, até por defender a renovação de quadros e espaços. Após o termino da nossa gestão foram lançados mais de três editais e não houve nenhuma inscrição de chapa. Em função disso recebi vários convites pra voltar a disputar e não deixar o diretório morrer. É o que estou fazendo. Quero incentivar essa gurizada dos primeiros semestres pra se dedicarem ao DAD e darem vida a ele mesmo após a minha saída. Vamos em frente!

28 de mar de 2017

Movimento dos Idosos

Com o amigo José Luiz da Rosa, presidente estadual do Movimento do Idoso Progressista.
Em visita ao Diretório Estadual do PP, em Porto Alegre, tive uma valorosa conversa com José Luiz da Rosa, presidente estadual do Movimento do Idoso Progressista. Na ocasião falamos sobre a necessidade da efetividade de políticas públicas para os idosos, políticas que possam oferecer uma vida mais segura, com amparo e assistência adequada para todos. Tenho me dedicado muito em pesquisar e estudar projetos que tenham esse objetivo e compromisso!

27 de mar de 2017

Decisão de candidatura própria do PMDB ao Planalto já tem Rigotto como primeiro pré-candidato

Ex-governador Germano Rigotto, presidente Michel Temer e ministro Eliseu Padilha.
Embalado pela decisão do PMDB de lançar candidatura própria ao Palácio do Planalto, o ex-governador do Rio Grande do Sul, Germano Rigotto, afirmou que poderá ser um dos nomes do partido na disputa pela presidência da República. O anúncio ocorreu durante a convenção estadual da legenda, em Porto Alegre, que escolheu o deputado Alceu Moreira como presidente. Em 2006 Germano Rigotto também tentou ser o candidato do PMDB ao Governo Federal, mas foi derrotado por setores internos do partido que defendiam aliança com Lula e o PT. Rigotto foi então candidato a reeleição e ficou de fora do segundo turno que contou com o enfrentamento de Olívio (PT) e Yeda (PSDB), essa sendo eleita governadora.

26 de mar de 2017

O Brasil e os 3 anos de Lava Jato


Completamos no dia 17 de março três anos de Operação Lava Jato, a maior operação de combate à corrupção e à lavagem de dinheiro do Brasil e uma das maiores do mundo. Foram até aqui 38 fases, 57 acusações contra 260 pessoas, 28 sentenças, 78 acordos de colaboração premiada com pessoas físicas, 9 acordos de leniência e 1 termo de ajustamento de conduta, 125 condenações, 28 pessoas presas e 24 que já deixaram a prisão, mas seguem sendo monitoradas por tornozeleira eletrônica, e mais de R$ 10 bilhões recuperados aos cofres públicos. A Lava Jato já representa um legado importantíssimo para a história e para o futuro do nosso país, pois ela derrubou todos os tabus que os poderosos eram imunes à Justiça e à prisão, acabando com a ideia de que existem pessoas intocáveis. Ela retrata com perfeição a podridão do sistema político brasileiro, sustentado por propinas, desvios de dinheiro público e caixa dois. Todas as cores, todos os lados e todas as correntes estão no bolo, restando raras exceções que podemos contar nos dedos. A Operação vai continuar e precisa mais do que nunca do apoio de todos nós, brasileiros e brasileiras, mas, mais do que isso, é preciso que todos acompanhem as movimentações e articulações em andamento lideradas pelos políticos no Congresso, que querem salvar suas próprias peles com anistias e jogadas em busca da impunidade. Não podemos relativizar a corrupção, seja ela qual for e como for. Não podemos usar de dois pesos e de duas medidas e nem ter corruptos de estimação. O Brasil mudou com o Mensalão, mudou com o Petrolão e seguirá mudando com a Lava Jato, mas a mudança de verdade acontecerá com o voto consciente de todos nós. Para um novo Brasil é preciso novos comportamentos, novas atitudes e novas escolhas!

17 de mar de 2017

Instituto Paraná Pesquisas fará primeiro levantamento sobre corrida eleitoral para o Governo Gaúcho

Deverá ser anunciada nos próximos dias a primeira pesquisa eleitoral para as eleições de 2018, que fará o levantamento dos possíveis nomes que vão figurar a disputa pelo governo do Rio Grande do Sul. A pesquisa será feita pelo Instituto Paraná Pesquisas. Entre os prováveis nomes estão:

Ana Amélia (PP)
Beto Albuquerque (PSB)
Eduardo Leite (PSDB)
Jairo Jorge (PDT)
José Ivo Sartori (PMDB)
Lasier Martins (PSD)
Manuela D’Ávila (PCdoB)
Miguel Rossetto (PT)
Onyx Lorenzoni (DEM)
Roberto Robaina (PSOL)
* Os nomes estão em ordem alfabética.

8 de mar de 2017

Reconhecimento e carinho a todas as mulheres!

Eu e minha mãe, Nilda Silveira.
O 8 de março é só um pretexto para lembrarmos que o Dia da Mulher é todo dia!

Minha homenagem a todas as mulheres pela importância que vocês têm em nossas vidas e em nossa sociedade. Também dedico essa homenagem especial para a minha rainha, minha mãe Nilda Silveira, que representa para mim a força e a garra da mulher chefe de família, que enfrenta todos os desafios para criar seus filhos com muita dignidade e trabalho. Te amo, mãe!

Com carinho, Fernando Oliveira!
Mensagem de Fernando Bebidas!

1 de mar de 2017

Roberto Azevêdo é reeleito no comando da OMC

Roberto Azevêdo é reeleito no comando da OMC.
O brasileiro Roberto Azevêdo foi reeleito pelo Conselho-Geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), órgão máximo do comércio internacional, para o cargo de diretor-geral, função que ocupa desde setembro de 2013. O cargo é a maior função dentro da instituição e representa uma posição muito estratégica para o Brasil no cenário mundial. Azevêdo foi candidato único na disputa, fato que expressa o amplo reconhecimento dos membros da OMC ao trabalho realizado por ele durante seu primeiro mandato.
Diplomata de carreira, Roberto nasceu em Salvador e é formado em Engenharia Elétrica pela Universidade de Brasília (UNB) e em Relações Internacionais pelo Instituto Rio Branco. Desde 1983 ele trabalhava no Itamaraty e em 2008 passou a ocupar a função de representante do Brasil na OMC, onde era considerado um “negociador-chave” dentro da instituição.
Entre os destaques de seu mandato estão a conclusão da negociação do Acordo de Facilitação de Comércio (AFC), primeiro acordo multilateral celebrado pela OMC. No ano de 2015, a organização também conseguiu um acordo histórico sobre o fim dos subsídios à exportação de produtos agrícolas, o que ocorreu durante a Conferência Ministerial de Nairóbi.

10 de fev de 2017

Presente da MKT Produções Digitais

Compartilho com todos a arte que recebi dos amigos da MKT Produções Digitais que estão começando no mercado, apresentando um trabalho moderno, interativo e de muita qualidade. Na arte temos uma foto minha em um protesto prol impeachment que liderei aqui em nossa Santiago, com uma frase de minha autoria que se tornou muito popular no meio político. Agradeço aos amigos pelo presente! 

9 de fev de 2017

Fernando Pahim é o candidato do PP na disputa pela prefeitura em São Vicente do Sul


São Vicente do Sul é um dos seis municípios gaúchos que terão novas eleições, retornando as urnas no dia 12 de março para escolher o próximo prefeito e vice-prefeito do município. O Partido Progressista acompanhado pelo PDT e pelo PT oficializaram o nome do ex-prefeito Fernando Pahim (PP) como candidato. O outro concorrente será Paulo Sérgio Flores que representa a coligação dos seguintes partidos: PMDB, PTB, PPS, PSDB e Solidariedade. Jorge Martins do PTB que foi o candidato eleito em outubro teve seu registro indeferido pela Justiça Eleitoral.


Apoio: conheço o Fernando e sei do excelente trabalho que ele realizou como prefeito em São Vicente do Sul. É preparado, articulado e muito qualificado pra fazer mais pela sua terra. Tem meu apoio, torcida e ajuda nessa caminhada. Estarei junto com ele em São Vicente pra visitar casa por casa pra ajudar no que for possível. Ele é um dos mais brilhantes quadros da nossa Juventude Progressista Gaúcha!